sexta-feira, 24 de março de 2017


FRATERNA RECOMENDAÇÃO

- "Filhos
Recordai-vos da palavra do Mestre, instruindo os doze companheiros de
apostolado nos primeiros dias do Evangelho: 'Curai enfermos, ressuscitais
mortos, purificai leprosos, expeli demônios; de graça recebestes, de graça
dai. Não vos provereis de ouro, nem de prata, nem de cobre nos vossos
cintos; nem de alforje para o caminho, nem de duas túnicas, nem de sandálias,
nem de bordão, porque digno é o trabalhador do seu alimento'. Não conteis
com facilidades e nem com o reconhecimento dos homens. Vigiai-vos em
vossas inclinações de caráter infeliz, renovando-vos a cada dia através da
abnegação. Exercitai-vos no esquecimento de vós mesmos. Abaixai o nível
de vossas necessidades, porquanto todo excesso é peso desnecessário e
perigoso precedente para a alma. Se vos harmonizardes com a consciência,
será grande a vossa probabilidade de triunfo nas lutas indispensáveis  à
ascensão que pretendeis.
Auscultai as vossas carências e não vos creiais missionários, quando quase
todos não passamos ainda de espíritos sob o esquema do pesado resgate
de nossas faltas. Que o Senhor vos fortaleça e vos encoraje!"

Dr. Bezerra - Conferência no Liceu da Mediunidade

(Obra: Liceu da Mediunidade - Carlos A. Baccelli/Paulino Garcia)


******

Quando te sentires cansado, lembra­te de que Jesus está trabalhando. Começamos ontem nosso humilde labor e o Mestre se esforça por nós, desde quando?

(Obra: Caminho, Verdade E Vida - Chico Xavier/Emmanuel)


******

AVE MARIA 
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
  
******
 

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

quinta-feira, 23 de março de 2017

A Nova Era

O Cristo foi o iniciador da mais pura, da mais sublime moral, da moral evangélico-cristã, que há de renovar o mundo, aproximar os homens e torná-los irmãos; que há de fazer brotar de todos os corações a caridade e o amor do próximo e estabelecer entre os humanos uma solidariedade comum; de uma moral, enfim, que há de transformar a Terra, tornando-a morada de Espíritos superiores aos que hoje a habitam. E a lei do progresso, a que a Natureza está submetida, que se cumpre, e o Espiritismo é a alavanca de que Deus se utiliza para fazer que a Humanidade avance. 
São chegados os tempos em que se hão de desenvolver as idéias, para que se realizem os progressos que estão nos desígnios de Deus. Têm elas de seguir a mesma rota que percorreram as idéias de liberdade, suas precursoras. Não se acredite, porém, que esse desenvolvimento se efetue sem lutas. Não; aquelas idéias precisam, para atingirem a maturidade, de abalos e discussões, a fim de que atraiam a atenção das massas. Uma vez isso conseguido, a beleza e a santidade da moral tocarão os espíritos, que então abraçarão uma ciência que lhes dá a chave da vida futura e descerra as portas da felicidade eterna. Moisés abriu o caminho; Jesus continuou a obra; o Espiritismo a concluirá. - Um Espírito israelita. (Mulhouse, 1861.) 
 
(O Evangelho Segundo o Espiritismo - Capítulo I)
 
 
******
 


E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre;
Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito.


                                  JESUS
 
(Bíblia Sagrada - João 14:16 e 26)
 
******
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

quarta-feira, 22 de março de 2017



TRABALHO

Quando Jesus concitou ao trabalho da Última Hora, assegurou que as
que a ele se entregassem encontrariam a luta no bem como prova de
sua determinação e o salário do obreiro fiel como resultado de seus
esforços.
Escoando-se os minutos da Última Hora, estímulo, otimismo e 
concientização, no aguardo das mãos e corações humanos que aceitem
os avisos e chamamentos. E vai inspirar os lúcidos e incomodar os
acomodados.
No Final da Última Hora, quer cooperar para que os que dormem despertem
e os que já estão na lida do bem não se cansem, porquanto somento isso
é que vai fazer com que, dentre os muitos chamados, alguns seja escolhidos.

(Obra: No Final da Última Hora - Médium André Luiz Ruiz/Espírito Lucius)


******

Jesus foi o protótipo da fé, quando afirmou: - "Eu e meu Pai somos Um".
E o nosso Divino Mestre foi ainda o paradigma da caridade quando nos ensinou: "Amai-vos uns aos outros como eu vos amei".
Desse modo, se somos efetivamente os aprendizes do Evangelho Redivivo, unamos o ideal superior e a ação edificante, em nossos sentimentos e atos de cada dia, e busquemos fundir numa só luz renovadora a fé e a caridade, em nossos corações, desde hoje.



(Obra: Escrínio de Luz - Chico Xavier/Emmanuel)
 
 
******


AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

terça-feira, 21 de março de 2017


O AUTOCASTIGO

Deus não castiga o suicida, pois é o próprio suicida quem se castiga. A noção do castigo divino é profundamente modificada pelo ensino espírita. Considerando-se que o Universo é uma estrutura de leis, uma dinâmica de ações e reações em cadeia, não podemos pensar em punições de tipo mitológico após a morte. Mergulhado nessa rede de causas e efeitos, mas dotado do livre arbítrio que a razão lhe confere, o homem é semelhante ao nadador que enfrenta o fatalismo das correntes de água, dispondo de meios para dominá-las.
Ninguém é levado na corrente da vida pela força exclusiva das circunstâncias. A consciência humana é soberana e dispõe da razão e da vontade para controlar-se e dirigir-se. Além disso, o homem está sempre amparado pelas forças espirituais que governam o fluxo das coisas. Daí a recomendação de Jesus: “Orai e vigiai”. A oração é o pensamento elevado aos planos superiores – a ligação do escafandrista da carne com os seus companheiros da superfície – e a vigilância é o controle das circunstâncias que ele deve exercer no mergulho material da existência.
O suicida é o nadador apavorado que se atira contra o rochedo ou se abandona à voragem das águas, renunciando ao seu dever de vencê-las pela força dos seus braços e o poder da sua coragem, sob a proteção espiritual de que todos dispomos. A vida material é um exercício para o desenvolvimento dos poderes do Espírito. Quem abandona o exercício por vontade própria está renunciando ao seu desenvolvimento e sofre as consequências naturais dessa opção negativa. Nova oportunidade lhe será concedida, mas já então ao peso do fracasso anterior.
Cornélio Pires, o poeta caipira de Tietê, responde à pergunta do amigo através de exemplos concretos que falam mais do que os argumentos. Cada uma de nossas ações provoca uma reação da vida. A arte de viver consiste no controle das nossas ações (mentais, emocionais ou físicas) de maneira que nós mesmos nos castigamos ou nos premiamos. Mas mesmo no autocastigo não somos abandonados por Deus, que vela por nós em nossa consciência.

(Obra: Astronautas do Além - Chico Xavier/Herculano Pires)


******

Tolera com paciência
Qualquer problema ou pesar;
Não adianta morrer,
Adianta é se melhorar.

(Obra: Astronautas do Além - Chico Xavier/Cornélio Pires)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS

segunda-feira, 20 de março de 2017


O Coração

"Quando o nosso corpo se forma, no claustro materno, uma das primeiras
manifestações é o coração palpitando... Nos casos de saúde, a medicina se
preocupa com a chamada parada cardíaca; o coração governa a vida...
Parada cardíaca pode afetar o cérebro... O coração comanda todos os 
fenômenos da vida, a ponto de, nas profecias mais antigas, alguém ter dito:
muito cuidado com o coração, porque onde colocarmos o nosso coração, ai
estarão o nosso tesouro, a nossa vida.
Compreender a importância da razão, mas a super-importância do coração,
para que sejamos mais irmãos uns dos outros, com mais compreensão 
recíproca, para que a nossa vida possa melhorar...
Quando Chico terminou, ficamos a meditar também em dois outros 
ensinamentos semelhantes, que ele nos deu em outra oportunidade: o 
primeiro, 'na atualidade o homem na Terra carece de 90% de sentimento e
apenas 10% de intelecto'; o segundo, de Emmanuel, é mais menos assim,
'quando o homem cai pelo coração, a própria queda é degrau para que ele
se possa levantar; quando cai pela inteligência é diferente'..."

(Obra: Chico Xavier à Sombra do Abacateiro - Carlos A. Baccelli)
O GRANDE ALIADO

Quando atribuímos ao passado algo que não conhecemos ou conseguimos compreender sobre nossas reações e escolhas, estamos nos furtando da investigação  nem sempre agradável que deveríamos proceder para encontrar  as razões de tais sentimentos na vida presente. O que sentimos hoje, tenha raízes no pretérito distante ou  não, é do hoje e deve ser tratado como algo que guarda uma matriz na vida presente, que precisa de reeducação e disciplina.
Toda vivência interior ocorre porque o nosso momento de conhecê­lo é agora, do contrário não a experimentaríamos. Para isso não se torna necessário uma regressão às vidas anteriores na busca de recordações claras. Se pensarmos bem, vivemos imersos em constante “regressão natural” controlada pela Sábia Providência. Via de regra, estamos aprisionados ainda ao palco das lutas que criamos ou fruindo os benefícios das escassas qualidades que desenvolvemos.
Viver o momento é viver a realidade. Por necessidades de controlar tudo, caminhamos para frente ou para traz em lamentável falta de confiança na vida e em seus “Sábios Regimentos”. A pensadora Louise L. Hay diz que o  passado é passado e não pode ser  modificado. Todavia, podemos alterar nossos pensamentos em relação ao passado. Essa a finalidade do esquecimento: alterar o que sentimos e pensamos, sob a imensa coação dos instintos e tendências que ainda nos inclinam a retroceder e parar no  “tempo evolutivo”. 
 “Matar o homem velho”, “extinguir sombras”, “vencer  o passado” –  expressões que comumente são usadas para o processo  da mudança interior. Contudo, todos sabemos, à luz dos princípios universais das Leis Naturais, que não  existe morte ou extinção, e sim transformação. Jamais matamos o “homem velho”, podemos sim conquistá­lo, renová­lo, educá­lo. Não eliminamos nada do que fomos um dia, transformamos para melhor. Ao invés de ser contra o que fomos, precisamos aprender uma relação pacífica de aceitação sem conformismo a fim de fazer do “homem velho” um grande aliado no  aperfeiçoamento.
O ensino do Evangelho reconcilia­te depressa com teu adversário enquanto  estás a caminho com ele é um roteiro claro. Essa reconciliação depende da nossa disposição de encarar a realidade sobre nós próprios, olhar para o desconhecido  mundo interior, vencer as “camadas de orgulho do ego”, superar as defesas que criamos para esconder as “sombras” e partir para uma decidida e gradativa investigação sobre o mundo das reações pessoais, através da autoanálise, sem medo  do que encontraremos. Fazemos isso  enquanto estamos no caminho carnal ou então as Leis Imutáveis da vida espiritual levar-­nos-­ão ao “espelho da verdade”, nos “camarins da morte”, no qual teremos que minar as imagens reais daquilo que somos, despidos das ilusões da matéria.Postergar essa tarefa é desamor e invigilância. A desencarnação nos aguarda a todos na condição do mecanismo divina que nos devolve à realidade.

(Obra: Reforma Íntima Sem Martírio - Médium Wanderley S. De  Oliveira/Espírito Ermance Dufaux)


******

Todos devemos nos esforçar para nos colocarmos no nível dos melhores. O próprio Cristo nos exortou a tanto:
"Sede vós logo perfeitos, como também vosso Pai Celestial é perfeito".

(Obra: Fundação "Emmanuel" - Carlos A. Baccelli/Inácio Ferreira)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS