sexta-feira, 30 de setembro de 2016


CORREU PARA ELE !
 
"E, levantando-se, foi para seu pai. Vinha ele ainda longe, quando seu pai o avistou
 e compadecido dele, correndo, o abraçoue beijou." - Lucas, cap. 15 - v. 20
  
Emocionante, este trecho da Parábola do Filho Pródigo... O filho deliberou levantar-se e ir
para o pai, mas o pai, ao ver o seu esforço, não permaneceu imóvel: correu para ele !
É assim que Deus age conosco: ao perceber, em nós, a menor disposição para reconsiderar
atitudes equivocadas, corre ao nosso encontro, fortalecendo-nos a vontade ainda débil.
Todos os dias, o Criador deve permanecer na expectativa da criatura que vem caminhando
de volta para Ele...
Como, por exemplo, a mãe que, a todo momento, abre a porta da casa, na esperança de
ver o filho ausente chegando de longa viagem, nosso Pai, de olhos fitos na extensa planície
que liga o Céu à Terra, anseia pelo nosso retorno ao seu Divino Regaço.
Deus não permanece estático, incapaz de dar um passo sequer na direção do espírito
arrependido...
Todavia, para que Ele se movimente em nosso favor, precisamos tomar a iniciativa de nos
levantarmos e caminhar !
No contexto da Parábola, fica subentendido que o pai, depois de abraçar e beijar o filho, que
ainda vinha longe, o aliviou de todo o cansaço da jornada e, mesmo, sustentou-o em seus
braços, no trecho que faltava percorrer.
E, ouvindo as confissões do filho em torno dos deslizes que reconhecia ter cometido, sequer
os comentou e não lhe teve uma única palavra de repreensão.
Em sua grande alegria, limitou-se a recomendar aos servos:  "Trazei depressa a melhor
roupa, vesti-o, ponde-lhe um anel no dedo e sandálias nos pés..."
 
 
(Obra: Saúde Mental À Luz do Evangelho - Carlos A. Baccelli/Inácio Ferreira)
 
 
******
 
Amor é a força da vida e trabalho vinculado ao amor é usina geradora de felicidade. 
 
(Obra: Sinal Verde - Chico Xavier/André Luiz)
 
 
******
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

quarta-feira, 28 de setembro de 2016


Todos São Importantes
 
Somos iguais perante a seara, porque somos todos iguais perante o Senhor da Seara. Deus não faz acepção de pessoas, nem de posições e muito menos de instituições. O item 5 do capítulo XX de O Evangelho Segundo o Espiritismo estabelece esta condição essencial: “Felizes os que tiverem trabalhado o campo do Senhor com desinteresse e movidos apenas pela caridade”. Emmanuel conclui a sua mensagem lembrando “que toda pessoa é importante na edificação do Reino de Deus”.
Querer que não haja discordâncias entre os que trabalham na divulgação e na sustentação da Doutrina seria acalentar quimeras. Cada consciência humana, como ensina Hubert, é um ponto na correnteza da duração. Cada um de nós está colocado num ângulo determinado do eterno fluir da realidade. Cada qual, portanto, tem a sua maneira própria de ver as coisas.
O Espiritismo nos ensina que nos completamos uns aos outros pelas nossas diferenças. Mas se diferimos nos acessórios, concordamos sempre no essencial. Por isso mesmo a caridade – que é o amor em ação – deve eliminar as arestas do nosso personalismo, ensinando-nos que todos somos importantes na busca e na conquista da verdade.
Claro que não devemos concordar com tudo e tudo aprovar em silêncio, pois a tolerância de acomodação equivale a cumplicidade com o erro. A crítica maldosa e orgulhosa, que condena tudo o que é feito pelos outros, é a negação da caridade. Mas ai de nós se suprimirmos a crítica do meio espírita! Porque é ela, quando sensata e sincera, a prática da vigilância que Jesus ensinou e Paulo exemplificou. Como utilizar o “crivo da razão”, de que nos fala Kardec, se abdicarmos do direito de pensar, que mais do que um direito é um supremo dever do espírito?
Quando Emmanuel diz: “Guiar-se pela misericórdia e não pela crítica” está se referindo à crítica negativa que nasce do orgulho e não à crítica positiva que brota espontânea e necessária do julgamento imparcial e fraterno, objetivando corrigir e portanto ajudar. O lema “valorizar o esforço alheio” não implica a valorização dos erros e dos enganos do próximo, mas o reconhecimento dos esforços feitos por todos a favor da causa comum. Todos precisamos de misericórdia, mas a misericórdia, como Deus nos mostra em sua lei de ação e reação, não é a aprovação de erros e ilusões – e sim a correção e o esclarecimento.
 
(Obra: Astronautas do Além - Chico Xavier / J. Herculano Pires)
 
 
******


 Ainda assim temos um privilégio: Tanto quanto sucede aos carteiros do mundo que te buscam o endereço entregando-te notícias de bênção e esperança, também nós, os viajores de outras estradas, alcançamos a porta de teu coração para dizer-te em palavras de paz que Deus é amor e luz em tudo quanto existe, que a morte é vida nova, que a justiça nos rege, que a dor nos aprimora, que o trabalho nos guia para além de nós mesmos e que a alegria imperecível a todos nos espera, no infinito do Tempo e nas forças do Espaço, para sermos, um dia, na suprema união, plenamente imortais, ante o esplendor sem sombra da grandeza de Deus.
 
(Obra: Astronautas do Além - Chico Xavier / Emmanuel)
  
******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.


******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

terça-feira, 27 de setembro de 2016


BOM COMBATE                                                                
                                                      Reunião Pública de 20                                     1º Parte, cap. V, item 6
 


Voltando à Pátria Espiritual, depois da morte, estamos freqüentemente na condição daquele filho pródigo da parábola, de retorno à casa paterna para a bênção do amor.
Emoção do reencontro.
Alegria redescoberta.
Entretanto, em plena festa de luz, quase sempre desempenhamos o papel do conviva do cérebro deslumbrado, trazendo espinhos no coração.
Por fora, é o carinho que nos reúne.
Por dentro, é o remorso que nos fustiga.
Vanguarda que fulgura.
Retaguarda que obscurece.
Êxtase e dor.
Esperança e arrependimento.
Reconhecidos às mãos luminosas que nos afagam, muitos de nós sentimos vergonha das mãos sombrias que oferecemos.
E porque a Lei nos infunde respeito à justiça, aspiramos a debitar a nós próprios o necessário burilamento e a suspirada felicidade.
Rogamos, dessa forma, a reencarnação, à guisa de recomeço, buscando a tarefa que interrompemos e a afeição que traímos, o dever esquecido e o compromisso menosprezado, famintos de reajuste.
Agradece, assim, o lugar de prova em que te sintas.
Corpo doente, companheiro difícil, parente complexo, chefe amargo e dificuldade constante são oportunidades que se renovam.
Todo título exterior é instrumentação de serviço.
A existência terrestre é o bom combate.
Defeito e imperfeição, débito e culpa são inimigos que nos defrontam.
Aperfeiçoamento individual é a única vitória que não se altera.
E, em toda parte, o verdadeiro campo de luta somos nós mesmos.
 
(Obra: Justiça Divina - Chico Xavier/Emmanuel)
 
 
******
 
6. - Devido às suas imperfeições, o Espírito culpado sofre primeiro na vida espiritual, sendo-lhe depois facultada a vida corporal como meio de reparação. É por isso que ele se acha nessa nova existência, quer com as pessoas a quem ofendeu, quer em meios análogos àqueles em que praticou o mal, quer ainda em situações opostas à sua vida precedente, como, por exemplo, na miséria, se foi mau rico, ou humilhado, se orgulhoso. 
A expiação no mundo dos Espíritos e na Terra não constitui duplo castigo para eles, porém um complemento, um desdobramento do trabalho efetivo a facilitar o progresso. Do Espírito depende aproveitá-lo. E não lhe será preferível voltar à Terra, com probabilidades de alcançar o céu, a ser condenado sem remissão, deixando-a definitivamente? A concessão dessa liberdade é uma prova da sabedoria, da bondade e da justiça de Deus, que quer que o homem tudo deva aos seus esforços e seja o obreiro do seu futuro; que, infeliz por mais ou menos tempo, não se queixe senão de si mesmo, pois que a rota do progresso lhe está sempre franca.
 
(Obra: O Céu e o Inferno - 1º Parte, cap. V, item 6 - Allan Kardec)
 
 
******
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

ATITUDES TERAPÊUTICAS

"Os são não precisam de médico, e, sim, os doentes..." - Marcos, cap.2 - v.17
  
Dentre as atitudes terapêuticas de profundidade, uma se destaca sobre as demais:
não cometer injustiças !
Todavia, a fim de reaver a própria saúde espiritual, se, inadvertidamente, atentamos
contra a felicidade de alguém, disponhamo-nos, o mais depressa possível, a reparar
a falta cometida.
Não consintamos que este ou aquele equívoco de nossa parte continue a fazer estragos
na vida dos semelhantes.
Quem dá de ombros e não se importa com o sofrimento, por menor que seja, ocasionado
aos outros arcará com as consequências de sua indiferença.
Sem dúvida, muito melhor ser vítima de uma injustiça do que cometâ-la.
A sensação repetida de culpa rompe com as defesas do espírito e o expõe à ação
patológica de outras mazelas.
Não desconsideremos o próximo, qual se o que lhe acontece não tenha para nós
importância alguma.
Nenhum ser é desprezível - nem mesmo uma folha que pende da haste de qualquer 
galho de árvore !
A Vida carece de ser reverenciada na mais insignificante de suas manifestações.
A injustiça que não se corrige é o mal a perpetuar-se.
Alguém já disse que "ser bom é fácil; o difícil é ser justo"...
Não há quem consiga exceder a sua capacidade de fazer o bem, mas bastará que
cometa a mais leve injustiça para que, em relação ao próximo, ultrapasse todos os
limites da respeitabilidade.

(Obra: Saúde Mental À Luz do Evangelho - Carlos A. Baccelli / Inácio Ferreira)


******

Semeia o amor e favorece a união, rompe os grilhões do ódio e projeta a luz do
conhecimento sobre as sombras da ignorância, colaborando para que o
 reino dos
Céus
 seja estabelecido na Terra quanto antes.

(Obra: Luz Viva - Divaldo Franco / Joanna de Ângelis)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS

sexta-feira, 23 de setembro de 2016


APENAS UM SE CUROU
 
"Um dos dez, vendo que fora curado, voltou, dando glória a Deus em alta voz..."
  - Lucas, cap. 17 - v. 15
  
Dos dez leprosos curados por Jesus, quando passava pelo meio da Samaria e da
Galileia, apenas um voltou para agradecer,  evidenciando que somente neste a
cura acontecera de maneira completa.
Os outros nove foram superficialmente curados, posto que incapazes de reconhecer
a intercessão da Divina Misericórdia. Em vez de voltar para agradecer, tudo indica 
que retornaram aos caminhos torturosos em que haviam se enfermado.
Somente no leproso agradecido a causa da doença se extinguira ou começara a se
extinguir em definitivo.
O curioso é que, como na Parábola do Bom Samaritano, o leproso, que, voltando, se
inclina, "com o rosto em terra aos pés de Jesus", é igualmente cidadão da Samaria,
povo não benquisto pelos judeus.
Quantos não são os que, considerados por nós espiritualmente inferiores, assim que
a oportunidade lhes surge se revelam portadores de compreensão muito superior 
à nossa ?
Depreende-se que os nove leprosos que não se mostraram reconhecidos, pelo orgulho
de se considerarem membros da raça "escolhida", consideraram que o Senhor, ao
curá-los, não fizera em seu favor mais do que a própria obrigação...
A fé, não importando o rótulo religioso com o qual se apresenta, não atua em todos
no mesmo nível de profundidade.
Quando não acontece no espírito, toda cura é ilusória. Portanto, mais que sanar feridas
exteriores, carecemos de fazer cicatrizar chagas no mundo íntimo.
Caso contrário, a recidiva, com agravantes, de qualquer enfermidade que nos acometa
e da qual sejamos transitoriamente aliviados é mera questão de tempo.
 
(Sáude Mental À Luz do Evangelho - Carlos A. Baccelli/Inácio Ferreira)
 
 
******
 
É a oração feita por você mesmo(a), partida do seu coração, que tocará a Deus e receberá
a justa resposta.  Ensinou-nos muito bem o Mestre Jesus: "dar-te-ei as chaves dos céus: o
que ligares na terra, terá sido ligado nos céus; e o que desligares na terra, terá sido desligado
nos céus". (Mt. 16:19): Elas significam que o Poder Cósmico, Divino, Infinito se movimenta a
nosso respeito de acordo como pensamos e agimos.
 
(Obra: Preces do Coração - Lourival Lopes)
 
 
******
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

quinta-feira, 22 de setembro de 2016


A Fé Humana e a Divina

12. No homem, a fé é o sentimento inato de seus destinos futuros; é a consciência que ele tem das faculdades imensas depositadas em gérmen no seu íntimo, a princípio em estado latente, e que lhe cumpre fazer que desabrochem e cresçam pela ação da sua vontade.
Até ao presente, a fé não foi compreendida senão pelo lado religioso, porque o Cristo a exalçou como poderosa alavanca e porque o têm considerado apenas como chefe de uma religião. Entretanto, o Cristo, que operou milagres materiais, mostrou, por esses milagres mesmos, o que pode o homem, quando tem fé, isto é, a vontade de querer e a certeza de que essa vontade pode obter satisfação. Também os apóstolos não operaram milagres, seguindo-lhe o exemplo? Ora, que eram esses milagres, senão efeitos naturais, cujas causas os homens de então desconheciam, mas que, hoje, em grande parte se explicam e que pelo estudo do Espiritismo e do Magnetismo se tornarão completamente compreensíveis?
A fé é humana ou divina, conforme o homem aplica suas faculdades à satisfação das necessidades terrenas, ou das suas aspirações celestiais e futuras. O homem de gênio, que se lança à realização de algum grande empreendimento, triunfa, se tem fé, porque sente em si que pode e há de chegar ao fim colimado, certeza que lhe faculta imensa força. O homem de bem que, crente em seu futuro celeste, deseja encher de belas e nobres ações a sua existência, haure na sua fé, na certeza da felicidade que o espera, a força necessária, e ainda aí se operam milagres de caridade, de devotamento e de abnegação. Enfim, com a fé, não há maus pendures que se não chegue a vencer.
O Magnetismo é uma das maiores provas do poder da fé posta em ação. É pela fé que ele cura e produz esses fenômenos singulares, qualificados outrora de milagres.
Repito: a fé é humana e divina. Se todos os encarnados se achassem bem persuadidos da força que em si trazem, e se quisessem pôr a vontade a serviço dessa força, seriam capazes de realizar o a que, até hoje, eles chamaram prodígios e que, no entanto, não passa de um desenvolvimento das faculdades humanas. Um Espírito Protetor. (Paris, 1863.)

(O Evangelho Segundo o Espiritismo - Capítulo XIX)


******

É como um grão de mostarda, que, quando se semeia na terra, é a menor de todas as sementes que há na terra;
Mas, tendo sido semeado, cresce; e faz-se a maior de todas as hortaliças, e cria grandes ramos, de tal maneira que as aves do céu podem aninhar-se debaixo da sua sombra. 

                                                                                   JESUS 
(Bíblia Sagrada - Marcos 4:31 e 32)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

******


PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS

quarta-feira, 21 de setembro de 2016


MOMENTOS DE LUZ

Se você está feliz, ore sempre, rogando ao Senhor para que o equilíbrio
esteja em seus passos...
Se você sofre, ore para que não lhe falte compreensão e paciência...
Se você está no caminho certo, ore para que não se desvie...
Se você está de espírito marginalizado, sob o risco de queda em
despenhadeiros ou perigosos declives, ore para que o seu raciocínio retome a
senda justa...
Se você está doente, ore a fim de que a saúde possível lhe seja
restituída...
Se você tem o corpo robusto, ore para que as suas forças não se percam...
Se você está trabalhando, ore pedindo a Deus lhe conserve a existência no
privilégio de servir...
Se você permanece ausente da atividade, ore, solicitando aos Mensageiros do
Senhor lhe auxiliem a encontrar ou reencontrar a felicidade da ação para o
bem...
Se você já aprendeu a perdoar as ofensas, ore para que prossiga cultivando
semelhante atitude...
Se você reprova ou condena alguém, ore rogando à Divina Providência lhe
ajude a entender o que faríamos nós se estivéssemos no lugar de quem caiu ou
de quem errou, de modo a aprendermos discernimento e tolerância...
Se você possui conhecimentos superiores, ore para que não lhe falte a
disposição de trabalhar, a fim de transmití-los a outrem, sem qualquer idéia
de superioridade, reconhecendo que a luz de sua inteligência vem de Deus que
no-la concede para que venhamos a fazer o melhor de nosso tempo e de nossa
vida, entregando-nos, porém, à responsabilidade de nossos
próprios atos...
Se você ainda ignora as verdades da vida, ore para que o seu espírito
consiga assimilar as lições que o Mais Alto
lhe envia...

Ore sempre!

A oração é o momento de luz, nas obscuridades e provas do caminho de
aperfeiçoamento em que ainda nos achamos, para o nosso encontro íntimo com o
amparo de Deus...


(Obra: Tempo de Luz - Chico Xavier/André Luiz)


******

Lembra-te de que um sorriso de confiança, uma prece de ternura, uma frase de
bom ânimo, um gesto de solidariedade e um
minuto de paz não têm preço na Terra.

(Chico Xavier/Emmanuel)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as
mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de
nossa morte. Amém.

******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o
Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão
nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como
nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação,
mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS